segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Aceitação



Hoje pela manha, fiz como eu faço todo dia, acordei, arrumei meu quarto, troquei de roupa, lavei o rosto, escovei os dentes, me calcei, coloquei o óculos, conectei o fone de ouvido no celular e fui para a faculdade. A mesma longa e chata rotina de sempre.
Sabe aquele mundo paralelo onde você se conecta e começa a refletir sobre tudo o que te acontece e tudo o que pode lhe acontecer? Então é  isso o que tem  me “assombrado” ultimamente, eu começo a criar expectativas demais e no fim, nada. Então hoje eu pensando em todas as coisas que acontecem e aconteceram,  e por um momento eu fiquei mal, por ver que certas coisas jamais dariam certo, que algumas vezes nadamos,nadamos,nadamos, e acabamos morrendo na praia. Então troquei de pensamento, comecei a pensar na coisas que aconteceram  sem ter uma explicação,  que simplesmente acontecem porque elas tem que acontecer,  que traz felicidade,  me que faz bem, e diante disso nada mais importa, então consegui ficar um pouco melhor, por um tempo, apenas por pensar que no meu ponto de vista, algumas coisas podem estar corretamente certas,  mas para os outros não, apenas por “medo” do diferente. Até porque a sociedade onde vivemos é tão rotulada,  que se você vai contra algo, tu é rebelde, revoltado e bla bla bla. Política, Religião, Sexualismo, Doenças, e assim vai, resumindo de uma melhor forma, uma sociedade preconceituosa e intolerante, essa é a realidade, porque ninguém mais liga para ser feliz, ninguém mais liga em viver o amor, hoje em dia todos ligam para o que os outros vão pensar. Isso não é certo, você vai deixar de ser feliz por que os outros pensam que é errado? Até quando você vai viver assim?.  Pense.
Todos falam de bulling, como se fosse algo fácil falar de algo que você nunca viveu e que você já praticou. Eu sou uma das pessoas que sofreram bulling no colégio,  e sabe porque não interferiu em nada na minha vida?, porque ao contrario de muitas pessoas eu tenho mente aberta, para mim pessoas com mente pequenas e fechadas só sabem criticar, xingar, e colocar defeitos, simples assim, viu como é facil de se notar uma pessoa inútil. Mas quantas pessoas já não passaram por isso não é mesmo?. Até quando as pessoas vão ficar julgando umas as outras sem as conhecerem? Ficarem falando mal, julgando, dizendo isso e aquilo, como se fosse mudar alguma coisa na realidade de alguém, acredito que já esteja mais que na hora das pessoas começar a acreditar que as coisas mudaram, no mundo onde vivemos todo tipo de amor é valido, porque não seria valido algo que no mundo está em falta?. É tão fácil sair julgando sem saber o que se passa com o outro, por exemplo um casal que se ama, seja ele heterossexual ou homossexual ( uma gorda e um magro, um magro e uma gorda, uma gorda e um gordo, uma gorda afrodescendente e um magro caucasiano, um magro afrodescendente e uma gorda caucasiana,  uma afrodescendente e um afrodescendente, uma baixinha e um baixinho, uma baixinha e um alto, uma alta e um baixinho, um alto e uma alta,  um pessoa com uma deficiência e uma outra pessoa,   dois homens,  duas mulheres,  um homem e uma mulher), inúmeras junções se casais que podem ser formadas, quantas junções dessas você teria algum preconceito? Várias, não é? Hoje o que todos querem é ser feliz, mas ninguém aceita a felicidade do outro, todos julgam um ao outro pelas atitudes, pelos erros, como se ninguém os cometesse. Todos se auto julgam como se fosse o dono da razão. Parem de julgar os outros e comecem a aceitar que tudo muda, as pessoas mudam, ninguém vai ser igual a ninguém, qualidades, defeitos, é disso que o ser humano basicamente consiste. Imagine alguém idêntico a você, com as mesmas atitudes, as mesmas opiniões, os mesmo erros, as mesmas qualidades, se as vezes você já não se suporta, imagine alguém perfeitamente igual a você. Seria difícil de se conviver não é mesmo?, “A diferença fortalece a sintonia”, é basicamente isso.
Voltando ao meu cotidiano, hoje eu indo pra faculdade, comecei a pensar nas vezes que eu me apaixonei e quebrei a cara, ou que não deu certo, então eu parei e percebi, que independente as vezes que não deram certo e eu fiquei mal, eu sempre acabarei me apaixonando de novo, não porque eu sou burro, e sim porque eu acredito no amor, e no que o amor pode me dar, e seguir em frente depois de uma perda, faz parte da vida, uma hora ou outra perdemos coisas e pessoas importantes, e como sempre dizem:" Depois que perde, da valor".  O que é verdade, Pois enfim,  eu estava indo, escutando musica, quando vi uma menina, uma jovem com síndrome de Down, ela aparentava ter uns 17 anos, pra mais, talvez, e eu tava descendo meio triste sei la, pensando na vida, ai ela parou colocou a mão na cintura like a diva, olhou pra mim e fez um joinha e deu um sorriso, meeeeeu aquilo foi a coisa mais incrível que poderia ter acontecido no meu dia! Eu me senti tão feliz naquela hora, que eu tive que parar e dar um joinha e um aperto de mão, para algumas pessoa, isso não é nada, para as pessoas que não se importam, mas pra mim, o que importa são os pequenos gestos, as pequenas atitudes que podem mudar seu dia.São coisas realmente especiais. Agora você pensa, e se eu tivesse preconceito? Talvez eu não tivesse a mesma atitude que tive, e ela? Ficaria lá no vácuo, com  o sorriso incrível que ela estava pela manhã. Por tanto, abra sua mente, comece a aceitar as pessoas como elas são, automaticamente você começará a se auto aceitar, começará a ver que nem tudo na vida é tão ruim assim, que algumas coisas virão para o bem e não para o mal. Respeite, porque você nunca sabe como uma pessoa se sente e pelo que ela passou para ter tomado tais decisões na vida.Não julguem, porque assim como uma hora você esta julgando, pessoas podem te julgar. E acima de tudo, não esqueça de ser feliz.

  

domingo, 29 de julho de 2012

Termino..


Bom, infelizmente eu sou algo que ninguem gostaria de ser, sou humano! Eu cometo erros, eu faço escolhas erradas, assim como as vezes eu tambem acerto em algumas.
Eu não sou forte, sim, eu consigo levantar minha cabeça, dar um passo, talvez dois, mas o terceiro acaba sendo tão dificil, e lá estou eu, tentando dar o primeiro passo outra vez.
Sabe quando alguém te pergunta: como você ta?! E então você mente pra si mesmo, e responde: Estou bem e você?. Não, eu não acho que tudo ficará bem, assim como também não vai ser fácil esquecer de tudo, como se nada tivesse acontecido, porem  tudo aconteceu, agora é cada um por si, e não, nós por nós. Se vai ser difícil? é claro que vai, mas ja passei por isso antes, e superei. Porque desta vez seria diferente? Talvez porque eu realmente tenha acreditado em todas as suas falsas promessas?  Sim, eu acreditei, em TODAS elas, não, eu não me arrependo de ter confiado, assim como também JAMAIS me arrependerei de tudo.  Não me arrependerei do tempo, não me arrependerei do esforço pra tentar te mudar.Não me arrependerei de ter te amado tanto assim. E não me arrependo de ter lutado tanto. Por que afinal, quando a gente quer muito uma coisa, o certo a se fazer é ir atrás e lutar, não é mesmo?
Eu tentei ser forte, eu levantei a cabeça,  coloquei um sorriso no rosto, eu sai, e eu realmente tanto fiz os outros acreditarem que estava bem, como eu mesmo acreditei nisso.Mas não fui forte o suficiente para ficar com a cabeça erguida por tanto tempo. Então, eu chorei, não porque tava doendo, porque de certo modo, eu me acostumei com essa dor, eu chorei, porque eu não consegui entender, como você seguiu em frente tão rápido, como alguém que ainda diz que me ama, consegue fazer isso?
Ta sendo realmente muito difícil seguir em frente, o que pra você foi fácil de mais não é?  ou vai acabar me dizendo que este é mais um dos seus joguinhos?
Não muda sabe? por mais que eu queira, nada muda, eu posso me distrair, eu posso sair, eu posso fazer mil coisas, mas minha cabeça ainda estará apenas em um ponto. você!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinho, não vou. Não tem como remar sozinho, eu ficaria girando em torno de mim mesmo. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.
Amar.

                                                       - Caio Fernando de Abreu

domingo, 8 de julho de 2012

Pensamento Aleatório


E certo dia, eles acabaram se encontrando, como se antes tivesse acontecido no passado, e o agora, seria apenas o agora, daqui a um minuto, ainda continuaria sendo o agora, e assim pretenderam viver todos os dias até que acabasse. Ele prometeu ama-la  pra sempre, Ele não passou nenhum dia desde o agora,  sem dizer que a amava,  sem dizer o quanto sentia a  falta dela, E  o quanto ele ficou se declarando, O quanto ele sentia ciúmes, o quanto ele a protegia, e quantas vezes ele disse queria ela, afinal o que ela fez? Talvez ela tenha o negado algumas vezes, talvez ela o tenha trocado por qualquer outra coisa em qualquer momento. Talvez ela  só tenha se lembrado dele, quando ela estava realmente sozinha, quando ela não tinha mais ninguém pra lhe fazer companhia. E Ele? Quantas vezes mesmo acompanhado ele desejou estar ao lado dela? Quantas vezes mesmo com tantas pessoas legais ele estava triste porque apenas queria estar  com ela, ou que ela estivesse ali,com ele. E quantas vezes ele sonhou, e acordou triste por não ter ela ao seu lado.Quantas vezes ele lembrou dela, e por um simples momento ele sorrio só por lembrar do seu sorriso e isso lhe deu vontade de chorar. E depois de tudo,  depois de ver que os motivos para continuar lutando já não eram o suficiente, mesmo que os motivos para desistir fossem maiores, ele ainda estava lá, insistindo em tudo aquilo. Sabe, e depois de tanto ele correr atrás. Ele desistiu, não por não querer mais. Apenas por ter cansado de lutar sozinho.E o agora, já não importava mais, então ambos seguiram seus caminhos. Ela se lamentando, por perceber que perdeu quem amava, Se lamentando por não ter dado valor em alguém que realmente a amava, Se lamentando mais uma vez por ter percebido que já era tarde demais para ama-lo. E percebeu, que mesmo estando rodeada de pessoas, Ele, era quem ela mais queria naquele momento. E ele? Bom ele estava seguindo seu caminho, não que tenha sido fácil pra ele, seguir seu caminho sozinho, mas ele sabia que enquanto ele vivesse o passado, o futuro jamais o pertenceria . Então ao invés de virar a pagina, ele resolveu trocar de livro. Mas nenhuma história coagiria de acordo com aquela,  e não importava quantos livros ele lesse jamais, iria substituir aquele. Mas o que esta escrito, e o que foi escrito, não se apaga sem deixar uma marca, então o tempo tratou de apagar tudo aquilo e também tratou de cuidar com que eles se encontrasse novamente.
E depois de tempos, eles se esbarraram, e la estavam eles novamente, se olhando como se fosse a primeira vez, então os mesmo sorrisos bobos floresceram  pelo canto da boca e os cobriram os lábios, eles sabiam que a chance deles tinham chego, e quem pode evitar ler o mesmo livro com a mesma boa história duas vezes? E se continuassem? E se não continuassem? E se tudo fosse como antes? E SE, E SE, E SE?...  Então, por um simples momento um sorriu para o outro, e cada um seguiu seu caminho, Não por falta de coragem, nem por medo de tentar mas uma vez, certas coisas não muda, ninguém muda. Confiança é algo que muitos querem mas não dão motivos para “receber” . Por tanto preste atenção quando alguém te ama, se não sente o mesmo, não iluda, não minta, não seja quem você nãoé, apenas para ver alguém feliz,  a verdade dói, mas uma hora ou outra para de doer, e a mentira?  Sim, ela doerá todas as vezes que você lembrar de todos os momentos vividos sabendo que tudo aquilo não passou de uma mentira. Então se você ama, ame de verdade, confie, sinta ciúmes, chore, brigue, morda, cuide, proteja, e faça todas essas coisas idiotas, mas não deixe de amar, de atenção, mostre que ame, não deixe que seja tarde demais para amar.

sábado, 23 de junho de 2012

Certos momentos é preciso dar tempo ao tempo, dar um tempo a si mesmo, dar tempo ao coração, dar tempo pro mundo, dar tempo as pessoas, talvez ao relacionamento desgastado. Por mais difícil que seja é preciso dar adeus a certas pessoas, coisas que por mais que você tenha se esforçado pra dar tudo certo, não se encaixam mais em sua vida, é preciso dar tempo, pra quem não tem tempo pra você, é preciso, la no fundo você sabe, é preciso dar tempo ao tal tempo, mas o coração é teimoso. -Enviado Por:  Thais Bedento   Texto de: Paloma Porto 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Pode não ser o primeiro. Mas que seja o ultimo...


O quanto você enfrentaria pelo amor? Até onde você iria? O quanto você aguentaria pra fazer tudo isso dar certo? Essa seria uma das únicas coisas que tenho pensado ultimamente,  porque algumas pessoas são capazes de enfrentar tudo para estar ao lado da pessoa que ama, independentemente se vai dar certo futuramente, independente de como vai ser, elas apenas querem ser feliz, apenas estarem um do lado uma da outra. Por que ir tão longe por alguém? Será que realmente vale a pena? Independente se vale ou não,  FAÇA valer a pena,  faça isso ser importante, faça disso algo que você queira, porque se vocês se amam, se vocês realmente querem isso, LUTE, corra atrás, se IMPORTE, não deixe que isso acabe no primeiro obstáculo. Não desista!.
E o quanto você aguentaria? Você suportaria a distancia?  ficar duas ou três semanas longe da pessoa que tu ama, sem saber se vai dar certo de vê-la , e por fim acabar ficando apenas algumas horas ao lado dela, esperando que aquele momento não passe jamais, sabendo que talvez aquela seja a ultima vez que vocês estejam juntos, ainda assim, você aproveita extremamente o tempo que lhe resta, como se aquele realmente fosse o ultimo.Em partes é ruim passar  17 horas do seu dia pensando em uma pessoa, e as outras 7 você acabar sonhando com ela, isso já se tornou tão normal, que se eu ficasse um dia sem sonhar contigo, acharia estranho.A parte ruim de tudo isso, é que quando eu acordo do sonho, você não esta aqui, e eu tenho que passar outras 17 horas pensando em como seria se você estivesse comigo agora, e por fim, eu fico feliz por dormir, porque sei que te encontrarei mais uma vez nos meus sonhos, e isso basta.
E sabe o que é mais estranho pensar o quanto podemos sentir constantemente a falta de alguém que a pouco tempo, era apenas mais um alguém, e hoje eu tenho certeza que é alguém que eu quero pra sempre do meu lado. Sentir TANTA falta que as vezes você sente um vazio tão grande dentro do peito, que a palavra saudade se torna insignificante perto da falta que a pessoa esta te fazendo, então quando não te cabe mais sentir falta dela, seu pensamento relembra todos os momentos, desde o primeiro beijo, até o ultimo trocado, logo seus olhos lagrimejam, então você é tomado pelo imenso sentimento de saudade, que  quando não lhe couber  mas no peito, deixe os escorrer pelos olhos.
Por tanto, aproveite todos os momentos enquanto pode, aproveite enquanto é tempo, Aproveite cada segundo,  antes que tudo vire uma tragédia, aproveite enquanto esta dando tudo certo, não deixe de demonstrar, se você ama, diga, se você gosta, demonstra, se você sente falta, ligue, manda mensagem. Apenas diga o quanto você sente, não deixe que a pessoa pense que tudo isso seja indiferente pra você, não deixe ela  insegura de tudo isso, prove o quando isso importa pra você tanto quando importa pra ela. Não permita que o tempo nem o orgulho cause a separação de tudo isso. Não deixe o amor ir em vão, não deixe o orgulho falar mais alto. Mesmo que algumas vezes, ela não responderá suas msgs, e te deixara de lado, e não te dará atenção, não desista, aguenta firme, vai dar tudo certo.
Pode não ser o meu primeiro amor, pode não ter sido a primeira pessoa que eu amei, mas eu sei o que eu quero, eu sei o que sinto,  eu quero que de certo, estou disposto a lutar por tudo isso, então, já que não foi o primeiro que seja o ultimo amor da minha vida!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

True Story.


Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção. Pode ser a pessoa mais importante da sua vida. Se os olhares se cruzarem e neste momento houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu. Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos encherem d'água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês. Se o primeiro e o último pensamento do dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente divino: o amor. Se um dia tiver que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.
Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida. Se você conseguir em pensamento sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado... se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados... Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite... se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...
Se você tiver a certeza que vai ver a pessoa envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela... se você preferir morrer antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida. É uma dádiva.
Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.
É o livre-arbítrio. Por isso preste atenção nos sinais, não deixe que as loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o amor
                                                              Por : Nickolas Lourenço

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Pensamento

" Me entende, eu não quis, eu não quero, eu sofro, eu tenho medo, me dá a tua mão, entende, por favor. Eu tenho medo, merda!Ontem chorei. Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido . Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei. Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me a caminhar sob sol e vento. Vou ali ser feliz e já volto." - Caio Fernado Abreu

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Apenas um sentimento.


Talvez este vazio que existe dentro de mim não se encaixe perfeitamente na descrição dor, mas sim, no significado da palavra saudade. lembrar seu rosto me faz por mais uma vez sorrir lembrando de como era ter você me faz se sentir por completo por apenas alguns segundos, lembrar de como eu te irritava me faz querer voltar no tempo apenas para te irritar mais uma vez. Eu sempre me imaginava sem ti, e nunca poderia imaginar que tamanha dor seria insuportável. Eu tentei praticar o desapego, mais toda vez que me via “reconstruído” algo me derrubava mais uma vez, onde cada mera lembrança que tinha de você , acaba destruindo mais uma parte de mim, e por essa e outras vezes eu me pus de pé. Já sem forças para lutar, eu quis desistir, eu quis apenas abandonar, pelo fato de que não me importava o que ainda viria pela frente, eu já não tinha mais razão para seguir. Por muitas vezes eu quis pegar uma borracha e pagar uma parte daquela história e deixa-la exatamente como ela deveria ser.
Com muitos motivos óbvios,achei que não seria justo apagar uma história, pois então resolvi terminar de escrevê-la , no lugar de uma borracha, peguei uma lapiseira,e no seu lugar, apenas deixarei vago por um tempo, até ter a certeza que um dia eu tive que ainda acharei alguém que possa me amar da forma que eu mereço ser amado, alguém que me ame pelo que sou, que realmente veja em mim uma razão pra ser feliz, e que assim como eu achei que seria ao seu lado. E como terminarei minha história? Bom, eu ainda estou de pé, e tenho forças para lutar, e se eu cair? Levantarei outra  vez, sem medo de dizer por mais uma vez, acreditei no amor, e sempre continuarei acreditando.